Deputados do PT atuam para extinguir Uber e outros aplicativos nesta terça

0
30

A Câmara dos Deputados analisará nesta terça-feira, 26, o substitutivo do Senado para o Projeto de Lei 5587/16, do deputado Carlos Zarattini (PT-SP). A bancada de deputados federais petistas, entretanto, tem trabalhado nos bastidores para reaprovar o projeto original da Câmara que extingue o Uber e demais aplicativos de transportes no Brasil.

Escrito originalmente pelo Sindicato dos Taxistas de São Paulo, a extinção de aplicativos de transportes usados por 20 milhões de brasileiros mobilizou 262 mil pessoas contra a medida.  A justificativa do projeto deixa claro que o objetivo é privilegiar o cartel de taxistas cujos sindicatos são controlados pelo PT.

Em recente entrevista dada à TV Folha, Natalício Bezerra, presidente do Sindicato dos Taxistas de São Paulo, afirmou que pobre “não vai querer carro na porta”, “tem que se conformar que é pobre” e “não pode nem tomar um táxi”.

 

Líder do Sinditaxi-SP: "pobre não pode nem tomar táxi"

De acordo com o presidente do sindicato autor do projeto que extingue 99, Cabify e Uber no Brasil, pobre "não vai querer carro na porta", "tem que se conformar que é pobre" e "não pode nem tomar um táxi".

Posted by ILISP – Instituto Liberal de São Paulo on Tuesday, October 31, 2017

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here