Plenário da Câmara de JP vai abrigar sessões da ALPB durante a reforma

0
26

Durante o período de reforma do prédio sede da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), as sessões parlamentares serão realizadas na Câmara de João Pessoa. A decisão foi anunciada nesta quarta-feira (7), após reunião entre o presidentes da ALPB, Gervásio Maia (PSB) e da Câmara de Vereadores, Marcos Vinícius (PSDB).

 

A solenidade de abertura dos trabalhos da ALPB vai acontecer na quinta-feira (15), no auditório do Ministério Público da Paraíba, às 9h30. A partir da terça-feira (20), recomeçam as sessões ordinárias no Plenário da Câmara, sempre as terças, quartas e quintas, no período da tarde.

O presidente da Assembleia, Gervásio Maia (PSB), agradeceu a gentileza do presidente da Câmara de João Pessoa em ceder a estrutura do legislativo municipal para a realização dos trabalhos parlamentares do Legislativo Estadual. “O presidente Marcos Vinícius foi muito receptivo a nossa solicitação e quem ganha com isso é o povo da Paraíba, que vai poder contar com os trabalhos legislativos e administrativos sem nenhuma interrupção, enquanto preparamos uma nova Assembleia, com todo o conforto e acessibilidade para atender às necessidades das pessoas que frequentam o Legislativo Estadual”, afirmou Gervásio Maia.

Já o presidente da Câmara de João Pessoa, Marcos Vinícius, reafirmou a fala de Gervásio, destacando que a TV Câmara de João Pessoa realizará a transmissão das sessões da Assembleia Legislativa.

“Receber a Assembleia Legislativa nas instalações da Câmara Municipal de João Pessoa será um prazer e mesmo diante das limitações de espaço que possuímos, o presidente Gervásio Filho pode estar certo que a Mesa Diretora fará tudo que estiver ao nosso alcance para que os trabalhos da Casa de Epitácio Pessoa prossigam normalmente”. E completou: “A Casa Napoleão Laureano é a Casa do Povo e naturalmente se sente honrada em abrigar o parlamento do nosso Estado, da mesma forma a TV Câmara estará ao lado da TV Assembleia transmitindo tudo ao vivo”, afirmou o presidente da Câmara.

Com G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here