Surfista é atingida por prancha e sofre grave lesão nas partes íntimas

0
109

Revelação do surfe feminino nacional, Tainá Hinckel levou um susto enquanto treinava em Snapper Rocks, na Austrália. A garota de 14 anos de idade sofreu um acidente que quase a tirou das próximas competições e poderia ter provocado coisa pior não fosse o rápido atendimento recebido. A surfista foi atingida pelo bico da prancha, que em alta velocidade, atingiu suas partes íntimas após ter sido interceptada ao entrar em uma onda e desviar de outro surfista que remava em sua frente.

Tainá perdeu muito sangue e sentiu muita dor, por conta de a região ser uma das partes mais sensíveis do corpo. No entanto após uma cirurgia e um número de pontos internos e externos, a surfista local da Guarda do Embaú vem se recuperando e segue confirmada para as duas etapas australianas do WQS, de Newcastle e Manly.

“Peguei uma onda em que um cara me rabeou, outro ficou exatamente na minha frente, não tinha muito pra onde ir… Para não machucar o cara que estava dando joelhinho ali na frente, me joguei da prancha para a água, quando estava lá embaixo, senti uma prancha , tenho quase 100% certeza que foi o bico, batendo bem no meio das minhas pernas”, relembra a garota.

“Sangrou muito, até porque é uma das partes mais sensíveis do nosso corpo! Quando aconteceu eu senti muita dor, mas logo fui atendida pela ambulância e por um grupo de médicos muito bons no hospital. Tive que tomar três morfinas e mais alguns remédios de dores para aliviar a dor terrível! No primeiro dia foi o que mais senti desconfortável, mas agora já estou me sentindo bem melhor. Tive que fazer uma cirurgia , e tomei três pontos internos e quatro pontos externos”, completa.

Mesmo lutando com a dor, Tainá Hinckel decidiu seguir firme e vai manter seu plano original completo para os próximos meses. Na Austrália , a surfista ainda contará com a etapa de Newcastle, que acontece entre 19 e 25 de fevereiro. Já a de Manly vai de 26 de fevereiro a 4 de março.

“Antes de eu ser confirmada no evento principal do QS 6000 em Newcastle, estava pensando em ir logo pra casa, o quanto antes, porque não iria poder competir no domingo na triagem! Mas quando fui confirmada no evento principal, mudei os planos, vou surfar apenas na bateria, dar o meu melhor, não importa o resultado, vai me ajudar muito no ranking! Já Manly, fui confirmada também, e até lá já devo estar curada. Depois disso, volto para o Brasil, fico dois dias, e vou pro Peru. E não para por aí, tenho mais eventos pela frente…”, garantiu a surfista.

 

Com Ig

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here