William Waack admite ter acordo de confidencialidade com a Globo

0
42

Demitido pela Globo após o vazamento de um vídeo em que fazia comentário racista, o jornalista William Waack falou pela primeira vez, nessa segunda-feira, sobre um acordo de confidencialidade que fez com a emissora, de acordo com o jornalista Daniel Castro, do site Notícias da TV.

Waack participou o 2º Encontro Folha de Jornalismo, realizado pelo jornal Folha de S.Paulo, tendo sido convidado a debater o tema A Guerra das Palavras – Os Limites do Politicamente Correto.

Uma das perguntas feitas ao jornalista foi, justamente, se ele considerava sua demissão da Globo injusta. O ex-âncora teria se esquivado de uma resposta objetiva:

“A emissora e eu chegamos a um acordo. Eu tinha um contrato de prestação de serviços e esse contrato, por decisão mútua, foi encerrado dentro de cláusulas mutuamente acordadas. Essa postura está espelhada em um comunicado final assinado pelos dois lados. Mais do que isso não posso comentar”, disse o jornalista.

Waack já havia recusado a falar sobre o assunto anteriormente, mas não deixava claro que isso poderia ter consequências “legais”.

Após o ocorrido com Waack, a emissora enviou a seus apresentadores, em dezembro, um adendo contratual impondo multa em caso de desvio por “comportamento ético”.

 

Com IstoÉ

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here