Anitta diz ter confundido ‘hanseníase’ e ‘ranço’ em seu programa de TV e pede desculpa após críticas

0
247

A cantora Anitta pediu desculpas nesta sexta-feira (13) após ter sido alvo de críticas por dizer em seu programa de TV que “eu só convido gente que eu amo, não convido gente hanseníase”. “Galera, no último ‘anitta entrou no grupo’ eu errei ao dizer ‘pessoa hanseníase’ em vez de dizer pessoas que tenho ranço”, escreveu ela em post no Facebook.

No post, ela completou: “Me expressei mal e posso ter ofendido alguém. Gostaria de pedir desulpas por isso me retratar aqui”.

O “Anitta entrou no grupo” é exibido pelo Multishow. A edição em que aconteceu a gafe foi ao ar na terça-feira (9) e teve Maiara e Maraisa como convidadas. “Queria dizer que minhas amigas são muito amigas minhas”, afirmou Anitta antes de fazer o comentário que gerou a polêmica.

Após o programa, o Movimento de Reintegração das Pessoas Atingidas pela Hanseníase (Morhan) criou uma petição no site change.org pedindo retratação da cantora. No texto, a entidade cita que a cada ano são dignosticados 35 mil novos casos da doença no país “tornando o Brasil o campeão mundial”.

“Essa altíssima incidência em nada é culpa das pessoas atingidas pela hanseníase: é o descaso do poder público, falta de informação e vontade política de resolver a questão e condições de vulnerabilidade social os principais fatores para que ela continue se propagando, mesmo tento cura e tratamento gratuito pelo SUS.”

Já no pedido de desculpas, Anitta cita que “hanseníase é coisa séria e atinge muitas pessoas pelo mundo”. “Caso você queira apoiar assim como eu as pessoas com hanseníase, vou deixar aqui uma sugestão de link, tá?”

Ela, então, compartilhou a página do Cadastro de Voluntários Remob, rede de voluntários do Morhan.

Veja, abaixo, o pedido de desculpas de Anitta:

“Galera, no último anitta entrou no grupo eu errei ao dizer “pessoa hanseníase” em vez de dizer pessoas que tenho ranço.

Me expressei mal e posso ter ofendido alguém. Gostaria de pedir desculpas por isso e me retratar aqui. Além disso, reforçar que Hanseníase é coisa séria e atinge muitas pessoas pelo mundo. Caso você queira apoiar assim como eu as pessoas com hanseníase, vou deixar aqui uma sugestão de link, tá?”.

Com G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here