Deputado entra com representação no MP contra guarda especial de Ricardo Coutinho

0
37

O deputado Bruno Cunha Lima (PSDB-PB) protocolou no inicio da tarde desta quinta (05) uma representação no Ministério Público da Paraiba contra a guarda especial criada por Ricardo Coutinho para beneficiar ex Governadores.

Bruno afirma que o estado vive um dos piores momentos da segurança pública e que a maioria das cidades sofre com o avanço da violência. O deputado cita a rotina de caixas eletrônicos estourados diariamente, enquanto a PM recebe o pior salário do país e a PC se encontra há 10 anos sem concurso público. Bruno reitera que o MP se manifeste e tome as devidas providências com relação guarda especial;

Em sua rede social, o Bruno Cunha Lima postou um vídeo em frente ao MP e um texto expressando duas indignação, confira:

Segurança

Ricardo está com medo.Às vésperas de sair do governo, ele cria essa polícia particular e admite o que todo mundo já sabe: a Paraíba está entregue à criminalidade. Chegou a hora de Ricardo deixar o palácio e se encontrar com a segurança que ele próprio sucateou. É imoral a criação de uma guarda particular que vai ser paga pelos paraibanos, enquanto o resto do Estado enfrenta a violência que só cresce todos os dias, enquanto as pessoas exigem a diminuição dos privilégios de quem está no poder, nós, deputados, governadores, prefeitos, juízes, promotores.São 10 anos sem concurso para a Polícia Civil, IPC fechado e sucateado, o governo Ricardo paga o pior salário do país a Polícia Militar que já perdeu quase 3000 membros no governo do PSB (quando entraram, encontraram a PM com quase 11000 membros, hoje tem pouco mais de 8500).Entrei com um projeto de lei revogando a criação da polícia particular de Ricardo, mas também provoquei o Ministério Público pra que ele se manifeste sobre o assunto. Também vamos entrar com um ADI. Tudo isso para barrar mais esse absurdo!Sem falar no vício de formalidade, afinal, a emenda fantasma de Hervázio Bezerra (que não foi votada mas foi sancionada) tem vício de iniciativa porque cria cargos a partir de uma iniciativa parlamentar – a prerrogativa para criar cargos é do próprio Poder Executivo, não de deputados.

Posted by Bruno C Lima on Thursday, April 5, 2018

 

Ricardo está com medo.

Às vésperas de sair do governo, ele cria essa polícia particular e admite o que todo mundo já sabe: a Paraíba está entregue à criminalidade. Chegou a hora de Ricardo deixar o palácio e se encontrar com a segurança que ele próprio sucateou. É imoral a criação de uma guarda particular que vai ser paga pelos paraibanos, enquanto o resto do Estado enfrenta a violência que só cresce todos os dias, enquanto as pessoas exigem a diminuição dos privilégios de quem está no poder, nós, deputados, governadores, prefeitos, juízes, promotores.

São 10 anos sem concurso para a Polícia Civil, IPC fechado e sucateado, o governo Ricardo paga o pior salário do país a Polícia Militar que já perdeu quase 3000 membros no governo do PSB (quando entraram, encontraram a PM com quase 11000 membros, hoje tem pouco mais de 8500).

Entrei com um projeto de lei revogando a criação da polícia particular de Ricardo, mas também provoquei o Ministério Público pra que ele se manifeste sobre o assunto. Também vamos entrar com um ADI. Tudo isso para barrar mais esse absurdo!

Sem falar no vício de formalidade, afinal, a emenda fantasma de Hervázio Bezerra (que não foi votada mas foi sancionada) tem vício de iniciativa porque cria cargos a partir de uma iniciativa parlamentar – a prerrogativa para criar cargos é do próprio Poder Executivo, não de deputados.”

Da Redação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here