O projeto de táxis voadores da Uber não é novidade – tanto que a empresa já tem parceria até com a Embraer, no Brasil, para trazer essa tecnologia para cá num futuro ainda um pouco distante. Entretanto, a companhia anunciou mais informações sobre o projeto nesta quarta-feira, 8.

A principal novidade é a parceria que a Uber firmou com a Agência Espacial dos EUA, a Nasa, como divulgou o The Verge. O órgão deve ajudar a Uber a desenvolver sistemas de controle de tráfego aéreo para monitorar a circulação dos táxis voadores planejados pela empresa.

Além disso, a lista de cidades em que o projeto (chamado de “Elevate”) deve ser testado a partir de 2020 ganhou um novo nome: a populosa Los Angeles se junta a Dubai e Dallas-Fort Worth como áreas de testes do novo programa.

A Uber também divulgou um vídeo que mostra o conceito por trás dos seus táxis voadores: aeronaves pequenas, de transporte coletivo, que circulam em baixa altitude, totalmente autônomas, elétricas e capazes de pousar e decolar verticalmente. Confira o vídeo:

A Uber não é a única empresa com planos de colocar carros voadores no mundo real. Ao menos outros 19 nomes, incluindo Boeing e Airbus, além da startup Kitty Hawk, do fundador do Google, Larry Page, também trabalham em projetos semelhantes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here